SOBRE O AMOR

No sábado almoçei com Giulia Gam e vi uma peça com Antunes Filho.
Não foi bem assim, mas quase. Fui ao parque Ibirapuera com minha filha ver a exposição do MAM e almoçamos lá no restaurante, onde também estava Giulia e a equipe de O Pedro e o Lobo, que tentei levar a Anouk, mas estava esgotadésimo. À noite fomos ver a nova peça do Felipe Hirsh, “Não sobre o Amor”, no CCBB. Na platéia (também lotada) a presença ilustre de Antunes, diretor reverenciado pelo próprio Hirch.

O cenário da Daniela Thomas é um espetáculo à parte, a gente entra na sala e já sabe que vai ser bom, porque não tem como com um cenário pensado daquela forma. Muito boa também a direção de Felipe, que vem renovando o teatro brasileiro com suas intervenções de projeções em cena e trilhas maravilhosas. O Leonardo Medeiros está charmosérrimo e é o ator perfeito para o papel do escritor amargurado e triste de amor. Fazia tempo que não via algo tão bonito.

“Um estrangeiro é aquele cujo amor está em outro lugar”.
Vá ver para entender. Vale a pena.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s